Everybody was Campus Party III

DIA 3 da invasão zumbi

[ainda abdicando da linearidade]

Vamos falar de coisas legais, que o dia de hoje me deu mais desgosto que alegrias. Hoje assisti 2 negózdo Plano de Banda Larga Nacional, um de Blogs e Direito, um sobre Humor e um pedaço do negócio do tal do cara do CQC, que eu sequer sabia quem era, um careca que faz piadas, supostamente. Desculpa a gafe, tv é apenas um receptáculo do torrent e do videogame, como eu vejo.

Então, ontem eu estava aqui sentada e ouvi um coro de Eurípedes que berrava: PUTAPUTAPUTA, nada sacando temi a Santa Sé e fui averiguar. Chegando lá notei que era o negózdi competição de amigas de Orkut. Os meninos competiam por amigas mais gatas de Orkut no telão.

Claro, HAHA, mas no dia que todo homem babaca ouvir um coro de CONTADORCONTADOR me sentirei mais a vontade em chamar as companheiras de gênero por uma alcunha que não refere a sua profissão de escolhas, sacou, ermão?

Bom, logo em seguida jovens transtornados por muitas horas sentados com sua internet ultra rápida, pouco sono, pouca cafeína, muitos hormônios, enfim, você conhece a história, se rebelam e partem pro ataque na Guerra das Cadeiras [ou dança das cadeiras, ou whatever]

Eu assisti isso e fui dormir, rindo muito. Muito mesmo. Acordei pruma quinta que prometia diversão, já que começava com Chico Barney, Arnaldo Branco e Ronald. Infelizmente aí acabou o melhor do dia.

Depois disso assisti ainda 2 negózdo Plano de Banda Larga Nacional e um de Blogs e Direito. Sobre os dois primeiros digo: um deles vi apenas metade, o outro resumirei abaixo. Sobre o último digo: só um dos participantes parecia ter algo a dizer, o que fez com que o mediador participasse. E na platéia uma histérica me causou vergonha alheia galopante, como seu gestual, então me retirei.

*pausa para mais uma passeata sem motivo, que diverte muito a galerinha, pelo visto*

Queria ver um negócio no palco principal com o criador do Mercado Livre, mas resolvi que hoje era o dia de almoçar, então saí do negózdi humor e fui comer e voltei direto pra da banda larga que estava marcada pras 14h. Começou as 14’20, com a chega do Gilbert Gil. Mas saca que o Célio Turino (Secretário da Cidadania Cultural do Ministério da Cultura) chegou ainda depois. Uma coisa que tem me aborrecido é que as coisas começam quando querem. Umas na hora, outras não. E isso muda tudo, tu perde partes, enfim, vai te enredando numa teia muito malandra de danação, ermão. Quase como no Lost Highway, só que sem nada disso que você está pensando, seu XXX.

Mas, ok, a maioria atrasa, mesmo, então tu costuma perder só uns 10 minutos. Claro que isso afeta meu TOC, mas cobrar por pontualidade costuma ser visto como uma pequena implicância sem sentido, falta de capacidade de pensar de maneira criativa. Depois EU que sou binária, saca. Você realmente se sente mais criativo só pq é um TRAPALHÃO? Apontar semelhanças, pode usar o DIDI como exemplo se quiser.

Logo de início a palestra, que deveria ser sobre os rumos do tal Plano, se reapresenta como uma palestra de desejos, já que não possuía um representante oficial do governo [aparentemente o sujeito não pode vir por estar e férias]. Aí eu penso que por mim tudo bem, sabe, eu tou interessada em ouvir isso também, talvez até mais. Mas o que me espera é uma tarde que vai me deprimindo progressivamente ao me lembrar o que é Braziu, o que é política nacionau, quem faz o que, quem pagamos o que e, acima de tudo, quem se importa.

Então nem vou me ater. Gilberto Gil, por exemplo, falou bastante. Disse quase nada, mas falou bastante. Foi ovacionado. Mas disse quase nada. Franklin Coelho (Universidade Federal Fluminense e Projeto Piraí Digital) e Fernando Pezão (Vice-governador do Estado do Rio de Janeiro) falaram sobre o incrível Projeto Piraí que eles criaram, executaram e que, tudo indica, é a base de toda a idéia do Plano de Banda Larga. Além de fazerem piadas com o FUST, apoiados pela platéia e por todo mundo, basicamente.

E a grande surpresa vem de Antônio Carlos Valente (Presidente da Associação Brasileira de Telecomunicações – Telebrasil) , que fala da média de 50% de imposto em todo os níveis na comunicação e cita exemplo de 75% naquele modem 3G, pelo que entendi. Além disso ele fala que não existe maior oferta de serviços pq ela só pode ocorrer quando são oferecidas licitações do governo e cita a frequencia IMAX, que todos querem e inexiste a oferta governamental.

E cita o exemplo da diminuição de impostos nos computadores, que galerinha deve lembrar criou 2008/2009 como anos de consumo intenso de bens não piratas, alimentou, aumentou, melhorou industria nacional, etc. E que galerinha sempre usa pra fazer governo e todo mundo pensar: videogames WHY NOT? Maior indústria do mundo afundada em taxa em cima de taxa em cima de taxa e nem vou achar agora que são duas da manhã, mas está entre os 10 itens mais taxados NO PAÍS [o modem 3G nem tava na lista, então só pense nisso] pq governo decidiu que tu e eu não precisamos disso. Não precisamos, é superfluo, saca. E daí ali e acolá pode ter rapaziadinha que concorda, mas em dogville de internet nem é isso que eu vejo. Eu vejo um monte de gente que curte e precisa.

E precisar é isso, sim. Precisar não é só sobrevivência, inclui bem mais que isso, não somos formigas, não somos tartarugas, apesar de Eagleton ter comparado nossa noção de sentido da vida pós-moderna a de uma tartaruga [depois explico a piadinha. Euri]. Precisamos de entretenimento. Entretenimento é a pele da vida, ninguém vive só com ossos e orgãos.

*pausa pro momento live pacman. melhor momento do dia, ein*

Aí, bom, pra não finalizar de maneira deprimente volto lá pro primeiro negócio que eu fui, aquele onde descobri que Chico Barney é somente um cara. Ia até comentar, mas esse vídeo produzido pelo Interbarney diz tudo. Turma, não percam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: