Bem-vindo ao deserto do real!

wzGCwTJWWotne8n2MdmCAh4Eo1_1280

Assim, a felicidade é, para usar as palavras de Alain Badiou, não uma categoria de verdade, mas uma categoria de simples Ser e, como tal, confusa, indeterminada, inconsistente (…). É um conceito pagão: para os pagãos, o objetivo da vida é ser feliz (a idéia de “viver felizes para sempre” é uma versão cristianizada do paganismo), e o sentimento religioso e a atividade política são considerados as mais altas formas de felicidade (ver Aristóteles) (…)… Resumindo, “felicidade” pertence ao princípio do prazer, e o que a solapa é a insistência em um além do princípio do prazer.

Num sentido lacaniano estrito do termo, deveríamos então postular que a “felicidade” se baseia na incapacidade, ou aversão, do sujeito de enfrentar abertamente as conseqüências de seu desejo: o preço da felicidade é permanecer o sujeito preso à inconstância do desejo.

(É muito divertida a tiuria dele de que a tchecoslováquia início dos anos 80 era feliz por três motivos:

a) tinha tudo, não em excesso. as vezes as coisas faltavam, pra lembrar como eram importantes

b) tinha o grande outro (no caso o partido) para levar todas as culpas dos males

c) tinha o Outro Lugar, que era o ocidentes consumista, o eldorado, pertinho mas nem tanto

Quando isso muda, temos nossa situação, onde o consumo excessivo, o excesso de opções, enfim, os excessos, nos geram vazios. Discutidos belamente por tanta gente legal. Não podemos mais desviar o foco de toda culpa, bem ou mal somos responsáveis em um ou outro nível. Tampouco temos mais para onde fugir com nosso pensamento ideal. Então por isso ele diz, no Pervert´s Guide que temos um nome pra fantasia realizada, ele é pesadelo. Saquei. Aqui ele diz ainda: A felicidade é, portanto, intrinsecamente hipócrita: é a felicidade de sonhar com coisas que na verdade não queremos.

Isso me lembra Lula. Acho que vou ali ver Invasões Bárbaras. Hshshs.)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: