Morri. Morri?

“Ah, a literatura, ou me mata ou me dá o que peço dela”

“Suicidou-se no pavilhão um doente. O dia está lindo. Se voltar a terceira vez aqui, farei o mesmo. Queira Deus que seja o dia tão belo como o de hoje.”

Lima Barreto (Diário do Hospício)

(Eu estava aqui lendo uma revista História que roubei esse domingo do meu pai. Ela fala sobre a loucura no Brasil ao longo dos tempos. Um dos textos é sobre o Lima Barreto e suas idas e vindas ao Pedro II, hospício da época. O texto é carregado de tentativas nada subliminares de nos contaminar com a injustiça disso. Saiam correndo se quiserem ler algo assim aqui. Nisso eu sou primário, diria Lemas. Doente, pra mim, tem direito a tratamento. E Lima era um alcoolista com uma melancolia perene. Essas ondas. Quis demais ler esse diário. Mesmo.)

2 Respostas to “Morri. Morri?”

  1. SOMOS
    sem querer soar grupo GLBT
    hshshshs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: