Arizona Dream

snap1

Qual a coisa dessas pessoas com peixes que voam? Não, sério mesmo. Eu não entendo. É poesia, é melancolia, é magia, que porra é essa?

Pra mim é só uma porra de um peixe nadando no céu. Não tem graça. Não mesmo.

Bom, vou contar pra vocês. Tudo começou muito bem. Eu adoro sextas-feiras solitárias vendo filmes que baixei e me dediquei a querer ver a semana inteira. No meu caso atual, tanto mais. Tenho ca filmes que baixei nos últimos meses e ainda não vi e hoje estava com vontades específicas. Daí que o DVD que queria ver deu pau e tive que me contentar com o que não queria.

E entre milhões de filmes que, nesta bela noite de lua cheia, eu não veria nem decepando dois dedos do pé com facão, fiquei com um que eu ignorava por completo. A única coisa que sabia desse filme era um monte de gente dizendo: Mari, tu vai curtir.

Quando comecei a ver e notei que era com Globais americanos já fiquei odiada. Mas continuei porque carrego n’alma persistência maior que a de Yeats.

E o filme tem, mesmo, coisas legais. Tem o escroto do Vincent Gatto fazendo o único personagem digno e cenas divertidas, na primeira metade. Depois disso, é tiro no cu, mermão. Sem mentira. Um mar de gastura com shtyle e bom gosto musical. Parece. Ok. Deixassim.

E (e nem vou comentar a idéia deturpada que os viventes tem de mim, NORMAL), outra coisa que notei é que podemos dar para este filme o título de PAIZINHO DO BIG FISH fáceu.

Adiante, o filme começa com narrador em off e eu em affe. A moralzinha do filme: O SONHO. Conhecemos mané pelo seu sonho. Daí já me ferraste, amigo. Eu, a vilipendiada pelos deuses, que só voltei a dormir direito nas últimas semanas, não posso dizer que tenho sonho fixo. Não mesmo.

Posso dizer que meus sonhos pendem mais pro gosto duvidoso, entretanto. Desde que sonhei com o Esquadrão Classe A, no colégio. Demônio sempre aparece, desde criança, também. Mas raramente são pesadelos. Aquele de estar nu? Nunca tive. Os que narrei no blog passam por divindades olímpicas, tarot e sereias de filmes japonês, enfim. Tem de tudo um pouco. Não sei o que isso diria sobre minha pessoa segundo o narrador em affe, mas que se foda.

(próximo passo: ver os filmes sem americanos. se eles chegarem algum dia. esperemos que sim. talvez seja fedentina de americano, mermo)

Anúncios

14 Respostas to “Arizona Dream”

  1. Tu vai EJACULAR PELO UMBIGO quando assistir os filmes de CIGANO.

    Aposto DÉRREAL.

  2. esperasse
    por enquanto fiquei no ERA ESO, HERMANO?
    umas minas histéricas do caralho, um mané, um personagem massa E O PORRA DO PEIXE ODIOSO

  3. no clássico personagem que se ganha pelo conjunto da obra?
    *ugh*

  4. Acho um filme 7.5, com bons momentos e uns dois personagens ótimos.

    Dá pra assistir FELIZÃO.

  5. aff. o problema deve ser com você, M. só pode =P

    AD tem duas das cenas mais hilárias de todos os tempos (ambas protagonizadas pelo Gallo. impagável). sério que quase enfartei quando assisti pela primeira vez. e, depois dessas cenas, ainda tem uma fala dele que também é memorável:

    “How would I die when I’m 35? How would I die? I’ll tell you how I’d die. I’d take off all my clothes and I’d get into a bathtub filled with ice-cold vodka. I’d have a TV in the room with me and I’d be watching “North by Northwest.” And just when the scene comes with the airplane I’d pull the TV in the bathtub and I’d shock myself! I hate that film.”

    e cê tem que partir pros demais filmes do gajo, mesmo. eu acho ‘Black Cat, White Cat’ um dos melhores.

  6. confirma o afirma acima: vincent, unico personagem bom do filme. aguardo os outros torrents para maiores opiniães
    hahahahaha

  7. vou baixar, se for ruim leva safanão
    hahahahaha

  8. maria luíza sá e madureira Says:

    qual é o nome do filme mesmo?

  9. hoje eu me lembrei do meu sonho. normalmente não lembro. eu via um cara de chapéu, identificava ele com um flashback em preto e branco, era o cara da armação ilimitada, só que velho e gordo. daí eu ficava aporrinhando o tal do andré de biase para sair na porrada meishmou!!! depois da troca de socos eu me acordei cansado. redícolo esse meu sonho, véi.

  10. maria: nome ta no título, Arizona Dream, do Kusturica.
    fred: e esse nem é o que bate na espousa, né?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: