Vivemos, mas quem garante?

Pedro sugere a queda do MSN como a primeira das novas pragas do Egito, eu assino embaixo. Cherry fala sobre a volta do Alice in Chains afirmando que só envelhecemos pra ver nossos ídolos fazendo papel de palhaços, coisa que os fãs de Rolling Stones já sabiam. Seria a manuELA a segunda praga? Anderson lembra que se Fogaça não se eleger talvez volte a fazer música, o que é inquestionavelmente uma praga. E nem vou comentar o mais óbvio desta eleição, que piada pronta não tem graça. O i era usado em diversos poemas medievais para completar a sonoridade, formato exigido, coisital. E ainda temos o Stabler contra o crime. Grandes são os infortúnios do ano eleitoral, é proveitoso atravessar a grande água sem olhar para trás.

Ouvi no rádio voltando do teatro que rolou tufão. Um grande tufo deve, sem sombra de dúvidas, ser visto como a prova cabal. Hshshshs.

cobiço (já sei, Moj, se disser de novo morre)

Anúncios

5 Respostas to “Vivemos, mas quem garante?”

  1. é?
    AI, EU SABIA
    ainda bem que não gastei 42387438437238732 horas pra descobrir
    hshshshshs

  2. o Spore? apenas idéias reaproveitadas de outros jogos com pouca coesão entre si.
    principalmente nas fases de RTS :(

    entretanto, tem um apelo fancy que impressiona

  3. eu curtia a idéia de EVOLUTION GAME, pena que eliminaram do produto final.

  4. como assim?
    então o que é o jogo?
    google o caralho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: