Burn, baby, burn

Heya pipol, como estão?

Bom, eu acho que não é novidade que eu totalmente acredito em catástrofes e fim do mundo, BOOM BOOM. Tanto é que, em 2000 1999 (segundo relatos alheios), quando anunciaram o fim do mundo pra Agosto, acho, me bateu um desespero tão grande de BURN, BABY, BURN que meu pai resolveu fazer um convescote que ele nomeou e ficou universalmente conhecido como CHURRASCO BOLAS DE FOGO.

Pois bem, reunidos os amigos e o vinho (com ansiolíticos, claro) e a carne e os Messias, eramos quase que uma afronta ao não fim do mundo. Em especial Marx. Mas eu, naquela época, namorava Quevedo e ele estava no Monte Sinai, ou algo assim, e isso realmente me abatia, íamos morrer separados. Como Quevedo era bastante racional (de Tim Maia), ele ligou naquele dia no horário planejado pro fim do mundo, fuso brasileiro, e disse: Aqui não acabou. Mas, de fé Vos digo, todo fim do mundo acaba um pouco comigo. Uh, poesia. Hshshshs.

Então, uma coisa aprendi com esta experiência. Duas, em verdade: se tu for famoso nem deve assumir publicamente que teme o fim do mundo pq isso é coisa de maluco e depois ninguém mais quer tuas roupas e a outra é que devemos ter desejos de fim do mundo que só digam respeito a nós mesmos.

Quando li esta coisa que eu nem consigo entender direito pq fiz supletivo pensei: BURN, BABY, BURN 2.0. Estes Suíços (justo eles, porra) vão colocar em funcionamento um acelerador de partículas que, se der errado, pode nos sugar prum buraco negro (non Frusciante style). Amanhã. Issae. Dia déish.

Por isso hoje acordei cedo e resolvi fazer uma coisa que devia ter feito duas semanas atrás, agora com o intuito de morrer com unhas lindas. Amanhã pretendo trabalhar bêbeda (ei, não me difame no ambiente de trabalho), coisa que muito me diverte mas eu só tive oportunidade de fazer duas vezes. Se nada tiver acontecido, aí sim, irei ao teatro numa peça com textos da Hilst. Pra quem quiser planejar sua sucção, a Suíça tem cinco horas mais que a terrinha, de fuso.

Nos vemos no além. Ou, como dirão os céticos, nos vemos aqui dia 11.

P.S: EU OS AMO, SEUS MALAS.

P.S. 2: Os embusteiros de 2012 se manifestam aqui.

Anúncios

4 Respostas to “Burn, baby, burn”

  1. do site linkado, comentários impagaveis. cito, SE INSPIREM. hshshshs

    # Icone Gravatar 16 Worm
    Sep 8th, 2008 at 3:50 pm

    O negócio é ficar dando ping em algum IP da Suiça, se parar de responder, o negócio é sair fazendo tudo aquilo que você pensou em fazer se caso o mundo fosse acabar.

    # Icone Gravatar 17 Thiago Santana
    Sep 8th, 2008 at 4:50 pm

    Boa Worm…UAuAHUHUHAha, já criei um .bat com “ping -t” e “if timeout, then play “doors – the end.mp3″

    =oP

  2. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

    Não existe such a thing as “fim do mundo”
    sério, para de escutar REM

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: