O Imperador

Fui ao teatro, admito, contrariada. Não que eu faça este tipinho de moderno que odeia teatro, como se pode ler ao longo da bloga eu adoro manifestações arté ao vivo, sou hellenista mesmo, acredito em dionísio, coisital, sem contar que fui muito bem criada.

Pois bem, eu achava esta coisa de Ibsen um pé no saco e achava aquele Caco Ciocler um cara muito palha que tinha namorado a Dani Carlos (esta, por sua vez, famosa por nomear o troféu do Covernation). O clássico desperdício de nariz judeu em uma pessoa que não faz por merecer. Hshshshs.

Mas então esta peça me surpreendeu de forma saudável e alegre e, apesar de ainda achar desperdício de nariz judeu, o Ciocler detonou a meloa.

Primeiro de tudo, CIEE inaugurando teatro novinho, coisa linda, tchuchuco. E fazendo a pobre, colocando ar condicionado MAIS QUE FRIO em dia de inverno. Saí de lá na segunda geração e vi o personagem principal não precisar simular frio. Compreende isso? Trashíssimo. Mesmo assim, ao que tudo indica, a privatização dos teatros chegou ao nosso belo portinho dos casais.

Mas então, o texto era sobre o Imperador romano Flavius Claudius Julianus (vide comentários), mas naquele clima história pra que, quem inventou esta história, coisital. E na história do Ibsen segundo estes caras o Giuliano era um cara muito do bem que queria trazer de volta o paganismo. E se confrontava com A verdade sobre Jesus, o que foi abordado sutilmente, mas seguia acreditando em mágica.

Claro, eu adoro qualquer coisa que tenha:

a) Hellenismo sincero

b) Messianismo fanático

Porra, caralha, os dois juntos é quase aquela expressão, onde o nome Carlos é substituído por Judas. Hshshshs. Eu delirando com dizeres como: SINTO MESSIAS DENTRO DE MIM. E tendo aquela clássica reação de colégio que eu tenho diante de dubiedades como: Da pra tirar esta lança? Não, meu senhor, ela esta cravada muito fundo. THATS WHAT HE SAID. Hshshshs.

Era isso, a peça acaba com Julianus *olhando para o lado pra ver se alguém também esta rindo* morrendo e o cristianismo subindo ao poder e sufocando de vez o paganismo hellenico. Um dos personagens diz: morreu a mágica enquanto eu, na platéia, olhinhos mareados cantava baixinho: do you believe in magic? Hshshshs. Ok, quase isso. Na verdade não consegui parar de pensar no Giu, alegre hellenista de minh’alma do qual morro de saudades neste exato momento. *enviando vibrações de amor eterno*

p.s.: esqueci uma boa frase: “Não vou te punir pq vcs cristãos adoram isso”. hshshshs. SM Divino.

Anúncios

16 Respostas to “O Imperador”

  1. Meu imperador favorito, como tu deve saber ENQUANTO minha comadre :-)

    Mas ele era Flavius Claudius Julianus. Esse Marcus Didius é anterior.

    O Flavius Claudius, na verdade, é Juliano II.

    Mas ele foi tão, mas tão, mas tão trimmmassa que todo mundo chama de “Juliano”, mesmo. O primeiro Juliano, o Marcus Didius, é mais conhecido como “aquele outro que veio antes”.

  2. não achei wiki dele. a saga juliana era ficar pouco tempo no comando, entao? vou trocar ali, grafiaf, corazón

    BOTINHAS REINA

  3. Muito bacana.
    Queria eu que aqui no cerrado a gente contasse com essa variedade. Aqui só vem figurinha carimbada, e quando vem, caro.

    Mas enfim, eu sou moderno e não gosto de teatro. Não sei porque estou falando isso!

  4. Ah sim, o meu prefiro é o César Augusto mesmo: fala-se que Nero que começou a aproximar a Grécia de fato do mundo romano, eu acho que quem fez isso MESMO foi o Divino. Além que eu admiro gente com tino político, como era o caso dele. Dar nó no Marco Antônio, aquele bruto insensível, como ele deu… não era fácil.

    E também gosto um pouco do Adriano: império romano do oriente só foi possível por conta das viagens dele e a sensibilidade que ele teve de perceber que pelo multiculturalismo Roma viveria forévis.

  5. marco antônio= já peguei

  6. acho bem last week esse negócio de ter sido cleópatra na vida passada
    a não ser que você acredite em SERIADOS DE TV e ache que o Marcão era um puto

    Intrigas do Triunvirato

  7. vida passada? cleopatra? wtf? o que quer dizer puto em bsb?
    paulo, acabando com a magia desde 50 A.C.
    e sobre o marco antonio do seriado=ja peguei TAMBÉM
    hshshshshsh

  8. o Augusto levava rôla do pai dele. o tempo todo

    quem me contou isso foi o meu amigo Neil

  9. BAH
    AGORA VIROU PESSOAL
    hshshsshs

  10. PORRA

    fodasse gente grega
    ROMA OMNIA FORÉVIS!

    E quem pegou o Marcão foi só a Cleópatra, darling. Ah sim, e magia e paganismo não existem. O resto, D.C., sim.

    TOMA!

  11. E, Thin :******
    passa o msn para mim gatão!

  12. bah, condições espartanas nos comentários
    e marcão passou o rodo
    :~

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: