Bordello kind of girl

Eu queria falar de Gogol Bordello, tentar explicar da forma menos esquizo possível pq eu amo tanto. Mas é deveras fucked up aqui dentro da minha cabeça, então fodasse. Aceito que seja inexplicável. Que ou a pessoa ouve e sente um soquinho na barriga ou não. É solitário (E LINDO, CORSÃO) sentir. A maior parte das vezes não temos com quem dividir o que gostamos, mas podemos ter amigos que entendem (ainda que não compreendam, ou vice-versa. E também podemos ser amigos assim). Eu tenho esta sorte e espero retribuir (quando não se tratar de Los Hermanos, fala sééério). Meus amigos não me julgam pq eu acho que ouvir GB foi a primeira epifania de Saturno e me reaproximou de um negócio que é super relevante pra mim, dionisicamente falando.

Quando o violinista do GB diz que não quer simplesmente tocar, ele quer trocar energias com a platéia eu me sinto profundamente compreendida, mesmo sem ter ido me nenhum show deles e mesmo que isso soe esô.

Eu acho que a música e a literatura não foram feitas para entretenimento frugal. Por isso a dificuldade. Ainda que consigam se passar por isso, são capazes de nos moldar como massinha de Zeus. Cinema e tv são entretenimento, pra mim. Mesmo que eu realmente acredite no conceito da carma do MyNameIsEarl e ache que InvasõesBarbaras é um pontapé lindíssimo. E Belleville. Ai, lindo. E por isso sou viciada em TV, pq eu preciso de entretenimento frugal loucamente. Possivelmente pra curar a confusão que é viver num mundo fucked up onde música e literatura significam mais que a maior parte do convívio social. Hshshshshs.

E se tu acha que eu tou é emaconhada, saiba que Sidis me entenderia. Hshshshshs. (é favor não desmentir, SIDIS FORÉVIS, PORRA)

Eu tenho um casal de amigos que se enamorou por vários motivos (e são lindos), um deles foi o filme preferido. Ambos tem o mesmo filme obscuro preferido. Pra eles cinema não é frugal, eu entendo (ainda que não compreenda). A idéia de poder trocar sentimentos é linda.

Eis-em: um cliché astrológico, curtindo coisas que IMPORTAM e MUDAM TUDO. Foda isso.

Uma vez escrevi uma carta pro Moj. que dizia: TUDO MUDOU. Juro por Jesusa que era verdade, ainda que sequer lembre do que se tratava. Hshshshs. Mas mudou tantas outras vezes depois que virou piada. Jesus, é sério, Moj.

Enquanto vou vivendo acreditando que as coisas IMPORTAM, que os amigos SÃO PRA SEMPRE, que LEALDADE é fundamental, enfim, é só ler um astrologia para dummies. Espero que vocês, amados leitores, vão se foder e escutem GB com este amor todo que eu queria falar mas não consegui (pq, afinal de contas, não sou a Cláudia Leitte).

Beeeeeeeeeeeeeeeijos

Teu pai, sabe teu pai? É uma suuuuuuper pessoa.

Anúncios

4 Respostas to “Bordello kind of girl”

  1. TUDO MUDOU PARA OS LADOS

    (Siddis FTW)

  2. Sidis, é sério, Moj.
    hshshshshshsh

  3. hahahahah NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: