recordar é viver

De quinhentos anos atrás, da época do K. Eu ainda curto, apesar de achar saudosismo uó.

maiakovski quando sentia
khlebnikov quando criava
a euforia que existia
quando ainda se acreditava
que a morte do czar
era o passo que faltava
para que a vida fosse poesia

Uma resposta to “recordar é viver”

  1. uhuuuuuuuuuuuuuuuu!

    tu e o godoh tem um certo amargo das vanguardas que é dgeemaish!

    belo poema totalitário!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: